Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Teoria obnóxia?

por José da Xã, em 04.10.13

"Não há rapazes maus; mas é muito difícil torná-los homens bons, quando começamos tão tarde a conhecê-los. É no berço que se forma a criança, sobretudo crianças desta natureza." Padre Américo



O conceito de bom e de mau é profundamente abstracto. 

 

Não se pode afirmar com absoluta certeza que alguém é unicamente bom ou mau. Tudo depende da nossa formação, educação e claramente da nossa visão do mundo que nos rodeia.

 

Todos nós, sem excepção convivemos permanenetemente com a bondade e a maldade dos outros. Para connosco ou apenas para com outrém. E não podemos, nem devemos chancelar alguém com um único e simples rótulo... Pode levar ao engano!

 

As artes são, por assim dizer, um exemplo perfeito desta dualidade de conceitos. Há bom e mau em tudo o que se refere à escrita, pintura teatro ou música.

 

Então uma pergunta tem sentido: o que é o bom ou o mau?

 

Em meu entender, jamais haverá uma resposta capaz de afirmar, com toda a certeza, que parâmetros exibem cada um destes conceitos.

 

Por isso, para evitar dúvidas e incertezas, prefiro o feio...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28


2 comentários

De Rei Bacalhau a 06.10.2013 às 00:14

O Bom e o Mau serem abstractos... não necessariamente...

São conceitos muito existentes e individualmente concretos. O que se pode dizer é que são subjectivos, aliás, como referiste. Cada sociedade, e portanto, cada indivíduo, terá os seus princípios, com certeza. Isso implica que os indivíduos PODEM ser caracterizados como bons ou maus na cultura pela qual estiverem rodeados.

Outra coisa que não percebo é a preferência pelo Feio. Já lá vamos...

De José da Xã a 07.10.2013 às 00:08

A beleza é outro conceito subjectivo. Porém o feio é muito mais real e menos abstracto.

Comentar post




calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D