Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Música: Bat Out of Hell

por Rei Bacalhau, em 18.05.14

Devo dizer que as ligações que os artistas na indústria da música fazem uns com os outros permitem dar a conhecer novos temas sem grande esforço. Vou dar um exemplo:

 

Há uns tempos atrás vi numa série (aquela da força especial no Hawai) uma aparição especial de Max Weinberg num papel secundário. Quem é Max Weinberg, perguntam-se? Inicialmente, há muitos anos atrás, só o conhecia como o baterista da banda do programa do Conan O'Brien, no qual ele entrava às vezes nas inúmeras parvoíces típicas do mesmo. De vez em quando ele tinha de se ausentar para ir tocar com a banda a sério dele, que era a E Street Band, que era a banda de apoio ao Bruce Springsteen. 

 

Conclusão: Max Weinberg é um baterista mítico por ter tocado com o The Boss.

 

Voltando um bocado atrás, a aparição dele na tal série fez-me recentemente ir ver a página de Wikipédia dele. Muitas coisas já sabia, mas houve um nome que me saltou à vista, e as ligações que falei anteriormente começarama formar-se. Reparei que o Max Weinberg tinha trabalho com um artista chamado Meatloaf. Sim, existe um artista com esse nome e daqui a nada poderá ser óbvio porquê. Este nome pareceu-me familiar porque sabia que já o tinha visto algures...

 

Uma banda de paródia chamada Tenacious D, formada por Jack Black e Kyle Gass, fez um dos filmes mais brilhantemente parvos dos anos 90 chamado "Tenacious D: The Pick of Destiny". Logo nas cenas iniciais, uma criança que adora o rock é impedida de o ouvir pelos pais austeros. O pai é nada mais nada menos que esse tal Meatloaf. Também nessa cena inicial aparece um dos grandes míticos deuses do rock, literalmente, pois estou a falar de Ronnie James Dio. Aliás, até vou mostrar essa cena:

 

 

Sim, tem asneiras, e então? Eu bem disse que era uma música de paródia.

 

Estão a ver como daqui eu poderia ir para uma música do Dio, por exemplo. Estas ligações que a Internet ajuda tanto a estabelecer são vitais para se conhecerem novas bandas, especialmente quando pensamos que já conhecemos os anos 70 muito bem.

 

Não podia estar mais errado.

 

O início de carreira de Meatloaf foi marcado pelo seu maior sucesso, o álbum Bat Out of Hell, produzido por Jim Steinman, do qual apresento a música com o mesmo nome. Quando fui à procura de coisas do Meatloaf fiquei agradavelmente supreendido por haver uma música de quase 10 minutos. Mais supreendido fiquei quando a treta da música não me saía da cabeça.

 

Ouçam lá então, Bat Out of Hell, cantado por Meatloaf:

 

 

Mas não acaba aqui, porque a surpresa maior estava para vir. Nos anos 90 é óbvio que o Meatloaf já era mais velho e gordo e tal, mas nunca na vida pensei que também o fosse nos anos 70. O próximo vídeo é o videoclip da música que não tem a parte introdutória grande como a música original. Tem no entanto uma boa demonstração de porque é que o artista se chama Meatloaf, ou em português, rolo de carne. Ele é mesmo massivo para um vocalista de uma banda de rock. Isso não o impede de todo de se mexer muito dramaticamente por todo o lado, apesar de concordar que ele parecia um doido com algumas das caretas que faz.

 

Enfim, eram os anos 70.

 

Mal comparado, quase que posso dizer que ele é o Chris Farley do mundo da Música. Ou será ao contrário...?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00




calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D