Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Música: Run Runaway

por Rei Bacalhau, em 09.10.16

Musicalmente falando, hoje estava-me a apetecer algo assim mais mexido, só que não tinha bem a certeza o que propôr. 

Percorria de um lado ao outro a minha lista de artistas favoritos à espera e à procura de uma ideia. 

"Ah, não, Iron Maiden acho que falo demasiadas vezes, Metallica não que senão o Lars ainda vem atrás de mim a pensar que estou a roubar a música dele, Black Sabbaths e tal também não que são demasiado dramáticos. Quero algo mais divertido, mas que seja uma rockalhada fixolas."

Sim, a minha mente pensa bastante coloquialmente, peço desculpa.

"Se calhar algum rock progressivo? Os Jethro Tull são folclóricos o suficiente, mas não me apetece, talvez para a semana. Os Queen acho que falei recentemente, e para além disso a música deles é imensamente conhecida. Sei lá... queria algo mais relativamente obscuro."

"Talvez uma banda de paródia. O Weird Al Yankovic (ou lá como se escreve o nome dele) é quase só paródias de temas conhecidos. Podia mandar uma dos Mamonas Assassinas, mas da última vez que os referi acho que fiz uma piada sobre o fim dramático deles e houve alguém que não gostou. Mesmo assim, gostaria de algo extravagante."

"Espera lá. Divertido? Rock? Relativamente obscuros? Extravagantes?"

Fez-se luz.

 

É óbvio que me lembrei dos Slade, pois se há banda extravagante no bom sentido, são eles. Contudo, não deixavam de ser compositores muito decentes, sendo que têm várias pérolas para todos os estados de espírito e épocas do ano.

Confesso que conheci inicialmente os Slade através de um videojogo. No Grand Theft Auto: Vice City, aclamadíssimo, umas das músicas que se pode ouvir é a Cum on Feel the Noize, de uma banda chamada Quiet Riot. Esta música era uma versão do tema dos Slade de nome igual ou muito semelhante. Digo semelhante porque os Slade gostavam de escrever erroneamente os títulos das suas músicas. O problema, assumo eu, é que às vezes poderia ser vergonhoso colocar a palavra "cum" em contextos menos apropriados, por isso não é pouco frequente que o título apareça como Come on Feel the Noize (reparem que "noise" continua mal escrito).

 

 

Seja como for, desde que me deparei com essa relação entre as bandas, ouvi posteriormente muito mais conteúdo dos Slade, e tornei-me fã, nem que seja pelo absurdo dos temas líricos e ainda mais das suas fatiotas, particularmente o guitarrista.

 

Acho que um vídeo que demonstra levemente a extravagância insana dos Slade é o que acompanha o tema Run Runaway, em que vemos um bocado de tudo, desde caretas infantis, manuseamento bárbaro e louco de instrumentos, observação constrangedora da câmara e um escocês a agitar um daqueles troncos que eles atiram por desporto.

Já mencionei que o vocalista se chama Noddy?

 

Run Runaway, dos Slade:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:00


4 comentários

De Maria Araújo a 14.10.2016 às 16:41

Vou pela música Run Runaway,dos Slade, mas nunca pela "Cum On Feel the Noize"dos Quiet Riot, too much noise to me.

De Rei Bacalhau a 15.10.2016 às 00:45

Se "noize" é um problema, recomendo "Everyday", também dos Slade.

De Maria Araújo a 19.12.2016 às 20:18

Tinha a certeza que já andara por este blog.
Encontrei-me.
Boa semana.

Comentar post




calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D