Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Música: Running On Empty

por Rei Bacalhau, em 23.08.15

Se estou a fazer o mês de Agosto dedicado a músicas de Verão, devo dizer que nem todas serão com os ritmos que tenho falado em textos anteriores. Antes pelo contrário, hoje vou apresentar uma música que não tem nada a ver com o Verão.

O Verão é uma época em que nos reservamos para fazer tudo aquilo que dissemos ao longo do ano que "vamos deixar p'ó Verão". Para mim, uma dessas coisas é correr. Como tenho a possibilidade de ir a uma praia com uma grande extensão de areira e que não é muito populada, tenho o privilégio de poder correr livremente sem grande preocupação em desviar-me de crianças que se catapultem para a água ou em desviar-me das centenas de bolas de tamanhos variados que sobrevoam erraticamente as praias, impulsionadas pela azelhice e/ou insolência dos banhistas.

Correr, portanto. Livre, rapida e despreocupadamente, e às vezes, só porque apetece, sem ter algum objectivo concreto em mente.

Ouço várias pessoas dizer que correr, simplesmente correr, é chato. Não se faz nada, simplesmente põe-se uma perna à frente da outra durante meia hora e pronto. Eu normalmente penso para mim: "Essa agora! Eu diria que não tens a banda sonora correcta!". Reproduzir uma música mentalmente ou mesmo sonoramente quando se corre pode fazer toda a diferença. Um bom exemplo é que no circuito de cidade onde costumo ir correr fora de férias existe uma inclinação a uns 90 graus durante uns 300 metros. É nessa altura que activo o modo Rocky e reproduzo mentalmente a música de treino dele (não é o Eye of the Tiger, não me venham com essa). Muitas vezes é que o que me faz conseguir subir a treta daquela subida.

Mas estou de férias. Estou na praia. Não preciso de uma injecção de adrenalina de um calibre tão grande como o exemplo que acabei de dar. Preciso apenas de música de acompanhamento, para esses momentos em que "simplesmente me apetece correr". Eu coloquei a última expressão entre aspas por uma razão muito específica.

Existe um certo filme cujo personagem, subitamente, simplesmente apeteceu-lhe correr, como ele próprio diz. Este personagem partilha o nome com o filme: Forrest Gump. Todo o filme é icónico, e esta parte específica não é excepção. Forrest Gump simplesmente decide começar a correr, e percorre os EUA duma ponta à outra (várias vezes), por razão nenhuma.

Não pela paz mundial. Não por caridade. Não por protesto. Não para perder peso.

"I just felt like running."

Na montagem que envolve esta parte, Forrest Gump percorre paisagens acompanhado de várias músicas que ficaram inerentemente associadas àquela corrida. E para mim, por consequência, correr sem propósito associa-se a algumas destas músicas, especialmente uma: Running on Empty, de Jackson Browne.

A música não tem nada a ver com corrida como desporto ou actividade física. É uma autobiografia de Jackson Browne a contar como a sua vida foi sempre a correr metaforicamente pela estrada fora a tocar e a fazer pessoas felizes, de cidade em cidade, às vezes quase sem gasolina para continuar (ou pelo menos é o que o título implica).

Não me interessa, o ritmo da música já está tão associado à cena do filme que acabei por considerá-la uma das músicas predilectas para os meus momentos de paz atlética.

E se no futuro for à praia, quando o "chap, chap, chap" dos meus pés estiver a bater na fronteira das ondas com o areal, poderíeis ver-me cansado, trôpego, suado, coberto de areia, a ser atacado por gaivotas ou assediado por senhoras de terceira idade em topless. Mas estaria sempre a correr. Sem razão aparente.

Jackson Browne, com Running on Empty:

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00




calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D